Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O mundo felino do Riscas e do Rafael

com os seus donos de estimação

O mundo felino do Riscas e do Rafael

com os seus donos de estimação

Durante quase 5 anos, o Riscas foi o único felino da casa. Em agosto de 2017, trouxemos o Rafael de 4 meses. Não foi amizade à primeira vista, mas hoje em dia, são amigos! Aqui podem encontrar episódios vivenciados por estes dois felinos com seus donos de estimação, alimentação, cuidados e outras coisas mais!
05.Set.23

Alteração

Anabela
Por vezes há necessidade de reajustar a medicação e até mudar a  alimentação do Riscas. Talvez devido á cortisona, ele tem andado com diarreia, em exagero mesmo, então deixou de tomar Flagyl, voltou ao Fortiflora e toma também uma ração gastrointestinal, Vitamina B12 e de vez em quando, paté, também gastrointestinal, que "torse o nariz". Continua com o medicamento para não vomitar e o sucralfato para proteger o estômago. Espero que ajude.  No entanto tirando a diarreia ele (...)
30.Jul.23

A rotina do gato Riscas

Anabela
Ao acordar, e antes do pequeno almoço, dou-lhe 2,5ml de sucralfato. Cerca de 20 minutos depois, dou-lhe o Primperan xarope, 1 ml, para os vómitos (que como está esgotado agora dou 1/4 comprimido). Depois dou a comida. De seguida, e uma vez que o Fortiflorasaqueta, não estava a fazer efeito, dou-lhe 1/4 (...)
21.Abr.23

Da saúde e alimentação do Riscas

Anabela
Quase todos os dias vomitava. Não era bom para reter a comida e a alimentação. Então a veterinária receitou um medicamento, que tem resultado muito bem. Continua com a cortisona e o protetor de estômago, sucralfato. Segundo a vet, em França há um centro de radioterapia para eles, por cá ainda não existe, pois seria o ideal para o tratamento dele! Em relação à alimentação, anda um pouco esquisito. A ração habitual rejeitou, anda na Purina e na Perfcet Fit. Damos pouco de (...)
23.Fev.23

Atualização do estado do Riscas

Anabela
O Riscas continua a tomar o suplemento, a cortisona, e para proteção do estômago, o sucralfacto. Estamos ainda à espera de um medicamento que tem alguma burocracia, até chegar a nós, mas que a veterinária que o segue está a tentar que venha logo. É quimioterapia em comprimidos! Os gânglios dele estão menos inflamados! Ele está bem disposto, comilão! Antes só comia ração, agora come tudo o que apanha, ainda assim há uma ou outra coisa que rejeita. Gosta muito de (...)
16.Fev.23

Medicar gatos, não é fácil

Anabela
Este medicamento, o sucralfato, que serve para proteger o estômago, é um liquido branco. Quando o Riscas resolve cuspir e espalhar o medicamento por todo o lado, há roupas, paredes, e até vidros a ficaram bastante sujos. O problema nem é o que suja, é o stresse que é medicar um gato, para ele e para quem o medica, principalmente nos dias em que ele não colabora. É  preciso tempo e paciência, e isso vamos arranjando!